6 de ago de 2010

C.D.E.

Fico ouvindo as promessas de alguns políticos, que as fazem neste momento pré-eleitoral, mas que nem em longínquo pensamento cogitam cumpri-las e em breve lucubração, imagino, neste país de “LEIS”, onde para quase tudo se cria uma nova regra regulando procedimento e garantindo direitos e deveres, deviam criar um novo Código, aos moldes do Código de Defesa do Consumidor, o C.D.E. , Código de Defesa do Eleitor.
Nesse CDE, estaria garantido ao eleitor, o direito de imputar ao Político “mentiroso” que em campanha prometesse algo que não houvesse condições de cumprir ou que por motivos escusos jamais tenha pensado em fazê-lo, sansões que iriam desde uma simples admoestação até sua cassação.
Claro que se trata de um devaneio, pois jamais seria tal “Lei” aprovada na Casa das Leis pelos políticos que certamente seriam os alvos deste purificador diploma legal. Uma Utopia sem dúvida, mas devo confessar, deveras interessante.
ESTEVES - CEL PM RR

3 comentários:

Anônimo disse...

Maravilhosa idéia Coronel, mais será que conseguiríamos manter algum político no cargo com a vigência dessa "Lei"?
Depois de tudo em que passamos (funcionários públicos estaduais) e com as falcatruas aumentando a cada dia, com o Governador Cabral / pinóquio com 50% da intenção dos votos, tenho que concordar com o velho ditado: "cada povo tem o governante que merece".

Cel Esteves disse...

Obrigado pelo comentário, devo admitir que há fundamento em seu questionamento. Quanto aos governantes, com disse no "post" anterior, depende de nós.

Otacílio disse...

Desculpe pois na correria esqueci de me identificar no 1º post.