27 de abr de 2017

SUMIÇO DE PROVAS OU FORMAÇÃO DE RESERVA TÉCNICA?

A T E N Ç Ã O,  prestem muita atenção no fatos noticiados e os analisem friamente, para poder entender o que realmente está acontecendo.
Foi noticiado no ANTAGON!STA:
Ladrão que rouba Cabral...
Brasil 25.04.17 19:14
O Globo informa que o juiz Marcelo Bretas resolveu agilizar o leilão de bens apreendidos pela Lava Jato no Rio, após descobrir que ladrões invadiram a Fazenda Três Irmãos, em Paraíba do Sul.
O imóvel está em nome de Carlos Miranda, principal operador de Sérgio Cabral. A invasão foi seguida do roubo de aparelhos de ar-condicionado, louças de cozinha e banheiro, além de objetos pessoais e outros itens.
A LJ no Rio já apreendeu uma aeronave, 35 embarcações, 103 imóveis, além de jóias, veículos de luxo e obras de arte num total superior a R$ 1 bilhão.


Será que este fato realmente aconteceu, em sendo verídico, há a possibilidade de “limpeza de arquivo”?
A quem pode interessar o sumiço de alguns objetos e/ou documentos não elencados no rol da rés furtiva?
Seria o fato estória de cobertura para encobrir provas irrefutáveis dos crimes da Facção criminosa que se instalou no Rio?
Há de se acompanhar o desdobrar dos acontecimentos, se não for abafado pelos interessados.

ESTEVES – CEL RR

Nenhum comentário: