1 de dez de 2010

MUITA REFLEXÃO.

Como PM vibrei com o combate ocorrido no domingo (28/11), afinal, como dizem, está no “DNA” do meganha o prazer de enfrentar os meliantes e vê-los com “o rabo entre as pernas”.
Foi emocionante, me reportou aos tempos de Tenente. Mas os anos passaram e já não sou mais aquele oficial que faz e pensa só com o coração.
Claro que estou radiante de alegria com os resultados que nossas Policias obtiveram nesta guerra, isto é inconteste, mas o que conclamo é que se tenha muita calma nessa hora.
O resultado é magnífico, mas paro e penso: o que levou a isto?
Reporto-me ao “post” anterior e busco uma análise de todo o cenário.
Estaria eu tendendo a sétima arte? Seria uma ficção ou como no filme “A Teoria da Conspiração”, ela existe, mas é tão fantástica e maquiavélica que se torna difícil de acreditar.
Não sei, o tempo dirá, mas necessário se faz que não nos olvidemos de raciocinar com clareza e isenção de ânimos.
ESTEVES - Cel RR 

2 comentários:

Otacílio disse...

Senhor Coronel de Polícia Hildebrando Esteves. Confesso-lhe que o Sr. está fazendo muita falta, pois és uma pessoa séria, íntegra e sem qualquer tipo de comprometimento senão para com a sua segunda família que é a PMERJ. Só quem não quer enxergar é que pode ter uma idéia diferente da atual realidade, ou seja, uma manobra política para promoção de alguns personagens que logo virão a tona, e como toda e boa novela, só nos resta, meros expectadores, esperar pelas "cenas dos próximos capítulos"...

Fabiana Pimentel disse...

Muito feliz por te ver escrever novamente. Aqui em casa torcemos muito por vc e esperamos que o fluminense seja campeão...rs