8 de dez de 2016

OS CONSORTES
Durante o segundo governo de Sérgio Cabral, uma das classes que foi mais atendida em suas reivindicações, deixando claro que ainda assim aquém do que merecia, foi a de agentes da Secretaria de Administração Penitenciária.
Por que?
Será que Cabral já esperava por sua prisão?
Bem, como interno, uma das primeiras coisas que ele fez questão de lembrar aos agentes que o acautelavam, foi este fato, ou seja, que foi durante sua administração que a classe teve a maior quantidade de propostas de melhorias funcionais acolhidas e, que ele esperava que não se esquecessem e fossem gratos.
Agora vemos sua esposa recolhida no anexo ao prédio onde ele se encontra preso.
Tão próximos, quase juntos, como será a rotina de ambos? E a visita, quem vai para a cela de quem? Acompanhará o previsto no sistema ou será diária? Ou se mudarão as Normas para melhor atende-lo? Nisso ele é expert.
Já se sabe que ocorreu uma melhora substancial na alimentação dos presos de Bangu 8 depois da prisão de Cabral.
ESTEVES CEL RR

Nenhum comentário: