27 de nov de 2007

A SAIDA

ORDEM DO DIA

Meus comandados, autoridades civis e militares, ilustres convidados.
Eis que é chegado o momento em que se encerra mais um ciclo de comando em uma Unidade da Polícia Militar.
Este sempre foi um momento certo como o dia que amanhece após a noite, todavia nem por isto transcorre desprovido de alegrias e tristezas e já antecipadamente, de saudades.
Alegria pela certeza de que me dediquei com afinco e esmero olvidando-me de minhas limitações pessoais na eterna procura do ótimo.
Tristeza, pois não consegui realizar tudo o que planejei, mas o que fiz procurei fazer bem feito e pela vontade de realizar tantos sonhos idealizados na busca de uma melhor qualidade dos serviços prestados e na utilização racional e equilibrada dos parcos recursos destinados a Policia Militar.
Logrei êxito em realizar alguns sonhos, todavia outros que não pude concretizar deixarei ao meu sucessor que com certeza acrescentará na lista dos seus próprios, na busca incessante da excelência.
Saudade pelos inúmeros amigos que aqui deixo e que aprendi a conhecer e amá-los pelo carinho, afeto e calor humano que sempre me dedicaram.
Afasto-me da direção da Diretoria Geral de Finanças da Corporação para assumir uma nova missão, um novo desafio que se me apresenta e que espero conseguir vencer com austeridade e dedicação, honrando a confiança em mim depositada.
O Grande Arquiteto do Universo me premiou com tão valorosos auxiliares que comigo ombrearam no desenvolvimento das atividades e na busca de soluções para ingentes problemas, pois além da difícil missão de administrar o bem público, a mais árdua, de lidar, de entender e perdoar o desabafo de seres humanos, carregados de problemas, angústias e carências que procuram a DGF como saída para suas necessidades.
A vida raramente é como gostaríamos que fosse, mas nem por isso devemos desistir, deixo o meu exemplo, não de um homem brilhante, mas de um guerreiro da paz, sério, honesto, dedicado e trabalhador, que nunca se recusou a buscar uma solução para os problemas apresentados, tampouco jamais virou as costas a quem de mim precisou para relatar seu problema, mesmo que apenas para ouvir como um desabafo.
É chegada a hora de agradecer, como fazê-lo sem cometer injustiças, afinal tantos amigos civis e militares contribuíram sobremaneira para o que acredito tenha sido um êxito nestes 02 (dois) anos 10 (dez) meses e 10 (dez) dias. Evitarei citar nomes.
Agradeço primeiramente a Deus por ter me dado a vida e permitido minha estada exitosa à frente da Diretoria Geral de Finanças.
A todos os integrantes da DGF, civis e militares ativos e inativos, alma desta valorosa Unidade que comigo juntaram esforços compreendendo minhas limitações, enaltecendo minhas virtudes e desculpando meus defeitos. Me perdoem o sentimento de posse, para mim são e sempre serão meus. Meus amigos.
Ao Sr. CEL HUDSON de AGUIAR MIRANDA, ex-Comandante Geral que acreditou em mim e nomeou-me Diretor da DGF.
Ao Sr.CEL UBIRATAN de OLIVEIRA ÂNGELO, Comandante Geral da Corporação, que me manteve no Direção e hoje, vendo o meu desempenho deposita em mim a confiança pra designar-me para outra missão.
Ao Sr CEL SAMUEL DIAS DIONIZIO, chefe do Estado Maior Geral, que sempre procurou me orientar e entender meus rompantes em prol do que acreditava ser o melhor para a Corporação.
Ao meu sucessor CEL CARLOS JORGE FERREIRA FOGAÇA, de coração aberto, do fundo de minha’alma, auguro todo o sucesso possível, assim como eu alcancei, e que o todo poderoso ilumine e abençoe seus passos.
Ultimando deixo uma mensagem de George Bernard Shaw para reflexão: “O Propósito da vida é uma vida com propósito”.


HILDEBRANDO QUINTAS ESTEVES FERREIRA – CEL

2 comentários:

RENATTO disse...

Inicialmente, desculpo-me com tantos Outros, que talvez fossem mais eloqüentes em tecer comentários, não só à matéria, mas também ao "Cel. ESTEVES", uma Pessoa Iluminada, que com toda "humildade", que sempre lhe foi nata/peculiar, soube não ser apenas um exímio Comandante/Diretor, foi mais além, foi não um, mais sim, O AMIGO, de Todos, e ao mesmo tempo "per si".

Não obstante, o fato de ter que cumprir uma missão, não se deixou esmorecer, nem durante percalços, ou mesmo nas vicissitudes, que se transpuseram durante a longa caminhada percorrida até aqui, sempre comprometido não só com a eficiência, mais perseguindo de forma indelével à eficácia, MOTIVADO, MOTIVOU, revelando-se a cada novo limiar, ser um verdadeiro LÍDER, Alguém, que conseguiu extrair/retirar, o que havia de melhor, indistintamente, em cada comandado, induzindo-nos a acreditar, mais e mais, em nosso potencial, e que se caíssemos nessa busca, tínhamos a certeza, de que como uma coluna, ou três, encontraríamos o apoio necessário para levantar e prosseguir com toda a Equipe.

E estes, contagiados com a motivação deste “Timoneiro”, mergulharam na busca da excelência, pois seu Comandante conseguiu plantar nos corações dos Membros “deste time – Vencedor”, um grande sonho, o de ser parte do SUCESSO, que foi a sua gestão Cel. HILDEBRANDO QUINTAS ESTEVES FERREIRA, à frente da DGF, por óbvio, não fazendo comparações ou qualquer tipo de alusão, a gestões pretéritas ou futuras, muito pelo contrário, que também sejam um exemplo de abnegação e conquistas.

Decerto, que apesar de parecer, ter ficado algo a ser concretizado, tenha a certeza que os designos do G.A.D.U. para Ti, foram cumpridos, lapidastes pedras brutas, poliu-as, e colocou seu quinhão de tijolos na edificação da grande obra, sua vida, com fito neste caso, junto a Corporação.

Desta sorte, tenho a convicção de que pululam em Nós, sensações, e assim, estamos com um misto de sentimentos, dividido entre as alegrias de ver reconhecido o trabalho profícuo realizado, e, por conseguinte, não há uma despedida, ou uma saída, digamos, um até logo, um até breve, pois AMIGOS, mesmo numa pseudo distância, nunca estarão longe, tão somente e apenas, distam por uma linha tênue, mas por outro lado, não há uma tristeza, mas sim, este sentimento saudosista, da lacuna que restará, na ausência do seu cumprimento, dos abraços fraternos, da sinergia, a que diariamente, nos renovava.

Por derradeiro, sei que será nesta Sua nova trajetória na GCG, ESTE VENCEDOR, que até hodiernamente foste, aproveito o ensejo, para agradecer em particular, e em meu nome, o crédito que Me concedeste, toda confiança, compreensão e apoio recebido, e muito mais que isso, ratificar que neste diminuto interregno de convivência, tive o PRIVILÉGIO, de encontrar mais que apenas um Diretor, um Líder, mas, um verdadeiro “Irmão”, a quem sempre terei a honra de chamar de AMIGO, desta forma, receba meu T.F.A., e a certeza do meu incomensurável agradecimento, por tudo, OBRIGADO MEU AMIGO.

Renato S. Teixeira
Assessor Jurídico

Coronel Paulo Ricardo Paúl disse...

Irmão Esteves:
Excelente!
O sucesso no GCG será uma consequência lógica do seu amor pelo trabalho.
JUNTOS SOMOS FORTES!
Paúl