29 de dez de 2007

A VIDA IMITA A ARTE?

A SONOPLASTIA DE POLICIA

Vivemos uma sonoplastia, qual seja, no teatro, rádio ou mesmo nos filmes, o público houve os sons e acredita que se trata de uma verdade, mas na realidade são utilizados recursos que iludem a platéia para que tenham a real sensação do que o autor e o diretor desejam.
Por quê?
Para diminuir os custos para os produtores ou garantir a segurança de seus patrimônios.
A Segurança Pública hoje em nosso estado é uma verdadeira peça teatral, ouvimos falácias que julgamos serem verdades, sonoplastia de policia, onde a platéia é a sociedade, nossos autores e diretores, ah! São os que lucram e tiram proveito com a fábrica da Insegurança Pública. Pode ser em dinheiro, prestígio, poder ou voto.
E nós? Bem, nós somos os figurantes, simples peças de reposição. Trocados e responsabilizados quando algo não dá certo, afinal alguém têm que ser o culpado, nunca os reais responsáveis.
Vivemos num “Reino de Avilan”.

CORONEL ESTEVES - BARBONO

Um comentário:

celprpaul disse...

Irmão Esteves:
Simples e perfeito.
Parabéns!
Paulo Ricardo Paúl